Braga

PJ deteve informático com milhares de esteróides anabolizantes

PJ deteve informático com milhares de esteróides anabolizantes

A Polícia Judiciária deteve, em Braga, um homem suspeito da prática de crime de tráfico de substâncias e métodos proibidos. Foram apreendidos vários milhares de comprimidos e ampolas injetáveis de substâncias esteroides androgénios anabolizantes (substâncias dopantes), entre outros objetos.

Em comunicado divulgado esta quinta-feira a PJ refere que há indícios de que o suspeito, de 51 anos, se dedique à importação, exportação, venda e produção/fabrico ou preparação (corte/mistura) de tais substâncias esteroides anabolizantes.

Além dos comprimidos e ampolas, foram apreendidos uma balança digital de precisão, equipamentos informáticos, envelopes e material próprio para o envio de encomendas.

"O crime em causa é penalizado pela Lei antidopagem no desporto - Lei nº 81/2021 de 30 de novembro, sendo tais substâncias proibidas de acordo com a lista constante da Portaria nº 312/2021 de 21 de dezembro, e penalizadas conforme a referida lei", refere a PJ.

A Judiciária salientou que, segundo a ADOP - Autoridade Antidopagem de Portugal, "as substâncias apreendidas promovem o aumento de massa muscular com alteração do metabolismo hormonal masculino e feminino provocando danos no sistema hepático e vários órgãos dependentes de hormonas sexuais para o seu desenvolvimento, podendo também provocar desenvolvimento de tumores e alterações graves do crescimento em indivíduos antes da idade adulta".

O detido deverá ser ouvido esta quinta-feira em primeiro interrogatório judicial para eventual aplicação de medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG