Investigação

PJ já interrogou 15 suspeitos na morte de aluno cabo-verdiano

PJ já interrogou 15 suspeitos na morte de aluno cabo-verdiano

A Polícia Judiciária já identificou e interrogou vários dos indivíduos envolvidos na morte de Luís Giovani Rodrigues, o estudante cabo-verdiano, de 21 anos, que morreu no hospital 10 dias depois de ter sido espancado à saída de um bar, em Bragança.

As autoridades ainda esperam pela conclusão de todos os exames forenses, complementares à autópsia, para esclarecer as circunstâncias da morte e avançar a investigação.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, a PJ conseguiu identificar a maioria dos cerca de 15 homens que participaram nas agressões a Giovani e alguns amigos deste, no passado dia 21 de dezembro, perto do bar Lagoa Azul, em Bragança, local onde começou uma discussão entre o grupo de Giovani e os outros indivíduos.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG