O Jogo ao Vivo

Borba

Detido traficante que mandou torturar e matar revendedor de droga

Detido traficante que mandou torturar e matar revendedor de droga

A Polícia Judiciária de Évora deteve um traficante de droga, residente em Almada, que é suspeito de ter mandado torturar e matar um revendedor de cocaína e heroína, assassinado à pancada e asfixia em fevereiro do ano passado, em Borba.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, depois de a PJ de Évora ter prendido dois homens e uma mulher, com 32, 31 e 20 anos, que terão participado no homicídio, os inspetores conseguiram localizar o mandante. Trata-se de um traficante de droga da Margem Sul, que deixava cocaína e heroína à consignação à vítima, para que esta a vendesse nas zonas de Vila Viçosa e Borba.

Acreditando que o revendedor lhe tinha roubado produto estupefaciente (a chamada "banhada", na gíria dos traficantes), o mandante, visando recuperar a droga ou dinheiro, terá reunido uma equipa para torturar a vítima e obrigá-la a devolver a cocaína. O grupo deslocou-se então a casa da vítima, na rua Tomáz D'el Negro, em Borba, onde esta foi torturada até à morte. Foi lá que, a 16 de fevereiro do ano passado, foi encontrado o corpo.

Após uma minuciosa investigação, a PJ de Évora conseguiu identificar os suspeitos e detê-los esta semana. Os quatro são esta quinta-feira levados ao Tribunal de Évora para aplicação das medidas de coação.

Os indivíduos foram detidos com a colaboração da GNR da Gafanha da Nazaré e Trafaria e do Posto Territorial e Núcleo de Investigação Criminal da Charneca da Caparica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG