Pandemia

Polícias exigem reforço da vacinação contra a covid-19

Polícias exigem reforço da vacinação contra a covid-19

Sindicato defende que vacinas da Astrazena e da Janssen revelaram pouca eficácia e lembra que forças de segurança continuam na linha da frente do combate contra a pandemia.

O Sindicato Nacional da Polícia (SINAPOL) exige que os elementos das forças de segurança recebam rapidamente a terceira dose da vacina contra a covid-19. Os responsáveis deste sindicato alegam que os polícias foram inoculados com vacinas da Astrazeneca e da Janssen que, defendem, têm "uma baixa taxa de eficácia na prevenção". A reivindicação já foi comunicada ao Governo.

"O SINAPOL questionou o Governo sobre quais as datas em que os profissionais das forças de segurança também receberão o reforço da vacina contra o covid-19. Salientamos a importância desta medida de reforço vacinal aos profissionais da Polícia, pelo facto de uma elevada percentagem desses profissionais ter sido inicialmente inoculados com vacinas da Astrazeneca e da Janssen, vacinas essas que, cientificamente, demonstram ter uma baixa taxa de eficácia na prevenção contra o covid-19", refere o sindicato.

A organização liderada por Armando Ferreira revelou que, através de ofício, alertou para a "necessidade urgente de iniciar o processo de inoculação e de reforço aos profissionais das forças de segurança", até porque, lembrou, os polícias "continuam na linha da frente no que diz respeito ao combate a esta pandemia, que continua a assolar Portugal e o mundo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG