Exclusivo

Portugal está há três meses sob ataque de hackers estrangeiros

Portugal está há três meses sob ataque de hackers estrangeiros

Piratas estão a destruir dados em massa para criar caos. Golpe contra a Vodafone deixou até o Sistema de Segurança Interna sem comunicações.

O padrão dos ataques informáticos que se registam em Portugal desde dezembro tem sido o mesmo: sabotagem, com o único objetivo de destruir dados. Ao contrário dos atos de pirataria registados até então, em que os hackers anunciam um objetivo lucrativo com pedidos de resgate ou roubo de dados sensíveis para os vender, os ataques à Vodafone e aos grupos de média Impresa e Cofina destacam-se pela eliminação sistemática de informação e paralisação de serviços.

Esta persistência em atingir alvos portugueses, assim como as semelhanças entre os ataques, levam os especialistas em cibersegurança a acreditar que Portugal está a ser alvo de um ataque orquestrado, sem precedentes e que não será perpetrado por piratas nacionais. Ainda ontem, áreas sensíveis do Estado, como o Sistema de Segurança Interna, foram afetados pelo "apagão" da Vodafone. O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária e pelo Centro Nacional de Cibersegurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG