Tribunal

Preventiva para homem que assaltou confeitaria à mão armada em Braga

Preventiva para homem que assaltou confeitaria à mão armada em Braga

O autor de um assalto à mão armada de uma confeitaria, em Braga, ficou esta terça-feira em prisão preventiva, até eventualmente ter condições para obrigação de permanência na habitação, vulgo prisão domiciliária, como decidiu o juiz de instrução criminal.

Com antecedentes por tráfico e consumo de estupefacientes, o suspeito, de 30 anos, com residência na freguesia de Esporões, em Braga, foi detido por militares do Posto da GNR de Braga, após ter roubado, com a ameaça de uma faca de mato, a funcionária de serviço na Confeitaria Peluche VII, na Rua Além Rio, em Figueiredo. A vítima ficou em estado de choque e foi assistida no Hospital Central de Braga.

Depois da denúncia de roubo, os militares das GNR deslocaram-se de imediato ao local, onde conseguiram, nas imediações, intercetar o autor do roubo, que tinha encetado uma fuga apeado e estava escondido.

O suspeito foi detido e a GNR recuperou o dinheiro, ao todo 110 euros em numerário, sendo ainda apreendida a arma branca utilizada para efetivar o roubo.

Outros Artigos Recomendados