Exclusivo

Primeira pena de cadeia por burlas com MB WAY

Primeira pena de cadeia por burlas com MB WAY

O Tribunal de Setúbal proferiu a primeira condenação a pena de prisão efetiva em Portugal por burlas através da aplicação de pagamentos MB WAY.

Fábio Farias, 34 anos, liderou durante um ano um esquema de burlas, em Setúbal, e mesmo quando foi para a cadeia, por outros crimes, continuou a enganar vítimas.

O Tribunal de Setúbal condenou o arguido a quatro anos de prisão por crimes de burla informática e burla simples. Outros três arguidos, um homem e duas mulheres, foram condenados a penas de multa por facilitarem os seus contactos e contas bancárias para as burlas e para transferências e levantamentos de dinheiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG