Investigação 

Rede colombiana de prostituição lucrava cinco mil euros por dia

Rede colombiana de prostituição lucrava cinco mil euros por dia

Ascende a centenas de milhares de euros o lucro da rede internacional de prostituição desmantelada na terça-feira pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que esteve ativa nos últimos três anos em Portugal.

No dia da operação, que encerrou quatro prostíbulos em apartamentos situados em Fafe, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim e Vila do Conde, os inspetores apreenderam cerca de cinco mil euros. Seriam o apuro de um único dia.

As seis buscas domiciliárias permitiram apreender o dinheiro, mas também "vários documentos que traduzem o modus operandi adotado, as atividades de favorecimento na entrada e permanência ilegal de cidadãos estrangeiros no país e os lucros avultados que obtinham da exploração da prática da prostituição", adianta o SEF, em comunicado.

Leia mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias