Justiça

Rui Pinto sobre Tancos: "É muito grave o que se passa no MP"

Rui Pinto sobre Tancos: "É muito grave o que se passa no MP"

Rui Pinto recorreu ao Twitter para falar sobre o caso de Tancos, considerando "muito grave o que se passa no Ministério Público".

"É o mesmo Ministério Público que se recusa a investigar as minhas denúncias", disse Rui Pinto, na conta do Twitter.

"Não é normal, que, num estado de direito, superiores hierárquicos condicionem a fluidez de um inquérito e prejudiquem a investigação apenas para não incomodar certas personalidades", escreveu.

Rui Pinto, colaborador do Football Leaks, foi acusado pelo Ministério Público de 147 crimes, 75 dos quais de acesso ilegítimo, 70 de violação de correspondência, sete deles agravados, um de sabotagem informática e um de tentativa de extorsão.

Além dos acessos ilegais aos servidores do Sporting e da Doyen Sports, fundo de investimento alvo da tentativa de extorsão, a acusação agora deduzida também abrange crimes envolvendo outros organismos.

Outros Artigos Recomendados