Premium

SEF apanha 600 mil euros em notas e fecha Clube 80

SEF apanha 600 mil euros em notas e fecha Clube 80

Era uma das maiores casas de prostituição do Norte do país, com uma discoteca, 20 quartos e outras tantas mulheres que ofereciam serviços sexuais a troco de dinheiro.

Mas uma operação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) acabou com o negócio florescente do Clube 80, em Rio Mau, Vila do Conde. Foram apreendidos 600 mil euros em notas e três indivíduos foram constituídos arguidos por auxílio à imigração ilegal, lenocínio e branqueamento de capitais.

Há dois anos que o SEF andava a investigar a atividade do indivíduo suspeito de ser o patrão do Clube 80, onde, na noite de quarta-feira, os inspetores do SEF lançaram a operação "Há 28 III". O nome deriva do facto da casa estar situada perto da A28 e ser a terceira que vez que o SEF faz lá uma fiscalização.

Outros Artigos Recomendados