Buscas

SEF faz operação contra exploração laboral em Paredes

SEF faz operação contra exploração laboral em Paredes

Cerca de duas dezenas de inspetores do SEF realizaram buscas na cidade de Paredes, no âmbito de um inquérito aberto por suspeitas de tráfico de pessoas para exploração laboral e auxílio à imigração ilegal. A operação realizou-se na quinta-feira e dois gerentes de uma empresa de construção civil foram constituídos arguidos.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o SEF começou a investigar a empresa de construção civil de Paredes há cerca de quatro semanas, depois de ter recebido uma denúncia.

A queixa assegurava que os cidadãos brasileiros eram aliciados no país de origem com promessas de bons salários e excelentes condições de vida. Mas, já em Portugal, as remunerações eram péssimas. Além dos imigrantes que seriam aliciados no seu país de origem, outros cidadãos brasileiros seriam recrutados em Portugal.

PUB

Sete operários da construção civil de nacionalidade brasileira foram identificados na operação. Todos estavam com a situação regularidade junto do SEF, com manifestações de interesse em obter uma autorização de residência em dia.

Os dois gerentes da empresa visada foram constituídos arguidos e foi apreendida documentação.

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG