Braga

Sexagenário que assaltou os CTT de Ermesinde encontrado morto

Sexagenário que assaltou os CTT de Ermesinde encontrado morto

O sexagenário que baleou um homem em Famalicão e disparou contra a parede dos CTT de Ermesinde, fugindo com cem euros, foi encontrado morto, esta quarta-feira à noite, dentro do carro, alegadamente roubado junto ao Cemitério da Vila de Prado, Vila Verde.

Segundo fontes policiais, Manuel António Silva, residente em Delães, poderá ter-se suicidado. De referir que o suspeito alvejou hoje, em Famalicão, o funcionário do homem com quem tinha más relações, ferindo-o com gravidade nos testículos. A vítima está em estado muito grave no Hospital Central de Braga.

Na sequência de desavenças antigas com um vizinho, o suspeito dirigiu-se a uma carpintaria que já foi sua à procura do atual proprietário. Como o homem não estava, foi aconselhado a sair, reagindo com disparos contra os funcionários. Um deles escapou ileso.

Mais tarde, segundo informações policiais, o mesmo homem terá sido o autor do assalto à mão armada, com a mesma pistola, no Posto dos CTT de Ermesinde, na Rua de Elias Garcia. Depois de disparar contra as paredes, roubou cem euros e fugiu num carro roubado.

Os agentes do posto da GNR da Vila de Prado foram alertados para um homem ensanguentado dentro de um veículo. Apesar de se terem deslocado ao local, juntamente com os Bombeiros Voluntários de Vila Verde, o INEM e a VMER, não foi possível salvá-lo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG