Violência

Morreu jovem atingido com um soco na noite do Porto

Morreu jovem atingido com um soco na noite do Porto

Uma discussão fútil, na fila de um bar da Rua de Passos Manuel, no Porto, terminou da pior maneira para um jovem, de 23 anos, na madrugada de sábado, que acabou por morrer. Suspeito ouvido no TIC por um juiz esta segunda-feira.

O jovem levou um soco e, na queda, bateu com a cabeça numa superfície dura. A PSP deteve e entregou à Polícia Judiciária (PJ) o agressor, de nacionalidade francesa, suspeito de ter agredido a vítima, que reside no Grande Porto.

O caso deu-se por volta das três horas da madrugada, num bar da Baixa portuense. Mas, ao contrário do que foi inicialmente avançado, a vítima não foi espancada por um grupo de pessoas.

Segundo contou, ao JN, fonte da Judiciária, o francês estaria acompanhado de um compatriota e chamou a atenção de um cliente do bar por o mesmo ter furado uma fila. O português não terá gostado e estalou uma discussão.

As informações recolhidas não permitiram apurar quem cometeu a primeira agressão física. Certo é que o português levou um soco que o fez cair e bater com a cabeça, ao que tudo indica no chão, com violência.

Os dois franceses foram detidos pela PSP, enquanto o português foi levado para o Hospital de Santo António, no Porto, em estado grave.

PUB

A confirmação da morte chegou esta segunda-feira ao início da tarde.

Paulo Correia jogava basquetebol no Guifões Sport Clube, de Matosinhos, que esta segunda-feira lhe prestou homenagem na sua página de Facebook.

"Na nossa memória ficará sempre o jovem atleta cheio de alegria que vestiu a nossa camisola e com quem partilhámos grandes alegrias", pode ler-se na mensagem.

Entretanto, a Judiciária libertou o segundo cidadão francês, considerando que o mesmo não teria intervindo na contenda, pelo menos, como autor de agressões físicas.

O outro ficou detido e está no Tribunal de Instrução Criminal a ser ouvido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG