Operação Marquês

Sócrates justifica viagens com herança da mãe de cinco milhões

Sócrates justifica viagens com herança da mãe de cinco milhões

José Sócrates disse, esta segunda-feira, ao juiz de instrução criminal que as viagens de férias que efetuou ao longo de vários anos foram pagas pela mãe, com dinheiro de uma herança.

Ao Juiz Ivo Rosa, o ex-primeiro-ministro revela que o avô deixou cinco milhões à mãe, ainda nos anos 80, e que esta também financiava as suas despesas.

Após abandonar o Executivo, em junho de 2011, o antigo governante mudou-se para Paris, tendo então pedido à Caixa um empréstimo de 120 mil euros para suportar as suas despesas naquela cidade.

Durante a sua estadia na capital francesa, terá ainda recebido centenas de milhares de euros em transferências bancárias por parte da sua mãe, após esta vender dois apartamentos no Cacém, Sintra, e outro na rua Braamcamp, em Lisboa, a Carlos Santos Silva, amigo do ex-primeiro-ministro e também arguido. O empresário ter-lhe-á igualmente feito chegar milhares de euros em dinheiro vivo.