Ciberataque

Sonae diz não haver evidência de que dados dos clientes tenham sido afetados

Sonae diz não haver evidência de que dados dos clientes tenham sido afetados

A MC espera retomar, "em breve", os 'sites' do Continente e da Wells, após o ataque informático, sublinhando não haver evidência de que os dados pessoais dos clientes tenham sido afetados.

"No seguimento deste ataque, não há a evidência de que os dados pessoais de clientes tenham sido afetados. Esta constatação decorre do profundo trabalho forense que tem vindo a ser realizado nos últimos dias", indicou, em comunicado, a MC.

A empresa, que foi vítima do ataque informático em 30 de março, precisou que os dados bancários associados ao serviço Continente Pay, continente.pt e wells.pt não estão nos sistemas da MC.

Neste sentido, a informação não foi comprometida, "uma vez que é do domínio único e exclusivo das entidades financeiras".

A MC sublinhou ainda que conseguiu garantir o normal funcionamento dos serviços fundamentais das lojas e das funcionalidades do cartão, esperando retomar "muito em breve" as funcionalidades do cartão Continente e dos 'sites' do Continente e da Wells.

"Lamentamos todos os constrangimentos causados. A MC continua a trabalhar em estreita articulação com o Centro Nacional de Cibersegurança para evitar novos ataques desta natureza. As nossas equipas estão arduamente focadas em reabrir os sistemas que foram desligados por opção da MC, por forma a garantir a segurança dos dados e respetivas investigações", lê-se no documento.

A ​​​​​​​MC voltou a agradecer a todos os colaboradores, clientes, fornecedores, parceiros e concorrentes que se solidarizaram com a empresa, notando ainda que está a trabalhar com as autoridades nacionais e internacionais para identificar e punir os responsáveis pelo ciberataque.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG