Morte nos festejos

Perfil: suspeito de matar Igor foi pai há dois meses

Perfil: suspeito de matar Igor foi pai há dois meses

Renato Gonçalves, o principal suspeito da morte de Igor Silva, na Alameda do Dragão, tem 19 anos. Foi pai há cerca de dois meses e disse às autoridades que era empregado de limpeza.

Renato é filho de um dos mais proeminentes membros da claque dos Super Dragões, Marco "Orelhas", que se tornou famoso por ter dado uma joelhada na cabeça a um árbitro durante um jogo do Canelas, em maio de 2017.

Apesar de ainda não ter sequer completado 20 anos, Renato foi pai de um bebé há cerca de dois meses e já está referenciado pela PSP pela participação em desacatos.

Tal como o pai, Renato também faz parte dos Super Dragões e jogou futebol. Quem se lembra dele no campo diz que, ainda miúdo, já era conhecido pela forma agressiva de jogar e que frequentemente costumava dizer que era filho do Marco "Orelhas" para intimidar os adversários.

Agora, Renato apresentava-se nas redes sociais como lutador de MMA (artes marciais mistas) e trabalhador da empresa Super Dragões. Na sua página do Facebook, encontram-se várias fotos em que aparece junto ao pai, em momentos de descontração nas férias e em jogos do F. C. Porto.

Renato entregou-se na noite de ontem, segunda-feira, após ter sido localizado pela Polícia Judiciária em casa de um familiar. O pai, que também é suspeito de estar envolvido na morte de Igor, de 26 anos, continua em parte incerta.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG