Premium

Terrorismo é hipótese na morte à facada de jovem português na Suíça

Terrorismo é hipótese na morte à facada de jovem português na Suíça

Está tudo em aberto, incluindo a possibilidade de ter sido um atentado terrorista, na investigação das autoridades suíças à morte de um jovem emigrante português de Vila Meã, Amarante, assassinado à facada sábado à noite quando estava com um grupo de amigos num restaurante "kebab", em Morges, no cantão de Vaud. A família está em choque e viaja hoje para a Suíça.

"Neste momento não sabemos nada em concreto sobre o que se passou. Dizem-nos que o João se preparava para jantar com amigos e que, de rompante, um indivíduo ao passar por ele atingiu-o. Não sabemos se foi um ataque terrorista ou outra coisa qualquer", disse ontem, ao JN, José Azevedo, o pai de João. Fonte policial adiantou ao nosso jornal, na Suíça, que "todos os cenários, incluindo o de terrorismo, estão em aberto.

Ataque de surpresa

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG