Exclusivo

Torturado durante duas horas em acerto de contas no tráfico de droga

Torturado durante duas horas em acerto de contas no tráfico de droga

Polícia Judiciária do Porto deteve um casal e dois cúmplices já alvos de múltiplas investigações por roubo e negócios de estupefacientes.

Foi raptado, agredido, despido, torturado e roubado, entre São João da Madeira e Oliveira de Azeméis, durante duas horas, até conseguir escapar das garras de um casal e dois cúmplices, que foram anteontem detidos pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto. Em pano de fundo deste acerto de contas estará um negócio de droga, em que a lei do silêncio impera. As medidas de coação decretadas pelo Tribunal de Santa Maria da Feira devem ser esta sexta-feira conhecidas.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, todos os envolvidos no caso têm antecedentes por tráfico de droga ou são consumidores. Até a própria vítima. Os dois principais arguidos, um casal, foram detidos há apenas três semanas no âmbito de uma investigação da GNR de Feira, por tráfico de estupefacientes. Ambos estavam, desde então, com apresentações trissemanais às autoridades. A mulher já tinha sido detida em fevereiro pela PJ, com um ex-namorado, por causa de assaltos à mão armada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG