Crime

GNR deteve em Matosinhos gangue que andava a assaltar lojas da Cavalinho

GNR deteve em Matosinhos gangue que andava a assaltar lojas da Cavalinho

Três homens, com idades entre os 23 e os 46 anos, todos com antecedentes criminais, foram detidos, na quarta-feira, em Custoias, Matosinhos, por assaltos a lojas da Cavalinho, furtos em camiões, posse de armas proibidas e tráfico de droga. Foram apreendidas 50 malas, 18 perfumes, droga e armas, entre outros artigos

A operação resultou de duas investigações que decorriam em Penafiel, relativas a 12 assaltos a lojas (uma delas, em Baltar, foi assaltada sete vezes), e em Matosinhos, esta relativa a assaltos a camiões, furto no interior de viaturas e furtos de viaturas.

"A dado ponto os investigadores perceberam que se tratavam dos mesmo indivíduos, daí esta operação única, que permitiu perceber que o grupo também se dedicava ao tráfico de estupefacientes", afirmou, ao JN, o major Francisco Martins, oficial de Comunicação e Relações Públicas do Comando Territorial do Porto

Os artigos furtados das lojas e dos veículos eram depois comercializados a revendedores, vendidos em plataformas online ou, de forma informal, a amigos ou conhecidos do gangue.

Foram realizadas cinco buscas domiciliárias e quatro em veículos na zona de Custoias, tendo sido apreendidas 1.248 doses de haxixe, 218 doses de canábis, duas balanças digitais, quatro armas de fogo e 128 munições.

Foram igualmente apreendidas 50 malas de diversas marcas, a maior parte da marca Cavalinho, mas igualmente da Versace, 18 perfumes, um berbequim, uma bolsa com diversos objetos de programação de automóveis, dois sacos forrados com prata, 18 peças de artigos de vestuário e um telemóvel.

De acordo com a GNR, os suspeitos, todos com antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, foram detidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial da Maia e ao Tribunal Judicial de Penafiel.

PUB

Sobre um dos suspeitos pendia um mandado de detenção, para cumprimento oito anos de prisão efetiva de oito anos, pelo que foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Custoias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG