Saúde

Dois militares da GNR estão infetados com Covid-19 e há 77 em avaliação

Dois militares da GNR estão infetados com Covid-19 e há 77 em avaliação

A GNR confirmou, esta sexta-feira, que há dois militares infetados com o Covid-19. São ambos do Norte do país, embora pertencendo a Comandos Territoriais diferentes.

Além dos casos confirmados, a GNR informou que há três casos suspeitos, 57 militares em quarentena e 77 em avaliação, destacando que os elementos com sintomas de doença (Covid-19 ou outras) "estão a ser monitorizados e apoiados 24 horas por dia.

A GNR "destaca o apoio diferenciado que a Saúde Militar da Guarda, em concreto, o seu Centro Clínico, tem prestado aos militares no desempenho das suas tarefas policiais, designadamente no esclarecimento dos procedimentos a adotar no contacto com pessoas suspeitas de estarem infetadas com Covid-19; na distribuição de mais de 28 mil kits de Equipamento de Proteção Individual, e na criação de uma sala de situação que monitoriza e apoia, 24 horas por dia, os militares com sintomas de doença (Covid-19 ou outras), com o objetivo de garantir, a todo o tempo, uma maximização do nível de operacionalidade do efetivo da Guarda".

"O vírus não escolhe profissões, idades ou géneros", afirma a GNR, numa nota enviada à comunicação social. "Os militares da Guarda, com tranquilidade e serenidade, procurarão manter ininterruptamente a sua capacidade operacional, adaptando-se à nova realidade, e procurando ir ao encontro das necessidades dos Portugueses", sublinha a GNR.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG