Justiça

Tribunal de Braga sem papel para trabalhar nos processos

Tribunal de Braga sem papel para trabalhar nos processos

O Tribunal Judicial de Braga e toda a Comarca de Braga estão sem papel para trabalhar nos processos há cerca de um mês, segundo foi revelado na manhã desta sexta-feira por um dos juízes na sala de audiências.

Segundo o juiz Martins Moreira, que está a presidir ao julgamento relacionado com o concurso de aquisição de parte do capital social da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), por essa razão os vários arguidos tiveram de ler os documentos originais do processo e não fotocópias.

De acordo com aquilo que o JN apurou, todos os tribunais judiciais e serviços do Ministério Público nos 14 concelhos do distrito de Braga "não têm folhas A4 de papel para trabalhar nos processos", o que está a afetar também os utentes das diversas valências judiciais.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG