Investigação

Viciado perseguia "ex" que o deixou por causa do jogo

Viciado perseguia "ex" que o deixou por causa do jogo

Homem com antecedentes por roubo preso em Lousada. Em Ovar, armas foram apreendidas a outro agressor.

Um homem, de 37 anos, viciado em jogos de fortuna e azar, foi detido, em Lousada, pela GNR de Penafiel, por suspeitas de violência doméstica contra a ex-companheira. Tinham-se separado recentemente e ele perseguia-a. Em Ovar, outro agressor, de 65 anos, foi preso por posse de armas ilegais, que serviriam para ameaçar a antiga companheira.

De acordo com um comunicado da GNR, o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel apurou que o detido manteve uma relação durante quatro anos com a vítima, de 32 anos, com a qual teve uma filha.

"O suspeito desde cedo revelou ter dependência por jogos de fortuna ou azar, originando grande desgaste na relação de ambos. No último episódio de violência, a vítima foi fisicamente agredida na presença da menor, motivo pelo qual abandonou a habitação e colocou termo à relação. Não conformado com o final do relacionamento, o agressor começou a enviar mensagens com ameaças de morte à vítima, causando constante medo e inquietação na mesma", precisa o comunicado.

O agressor, com antecedentes criminais por roubo, foi detido e levado a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Lousada que determinou as medidas de coação de proibição de contactar a vítima e de se aproximar da sua residência ou local de trabalho, num raio de 200 metros, além de adquirir e ter na sua posse qualquer arma, devendo ainda entregar as que tem.

Em Ovar, no âmbito de uma investigação por violência doméstica, a GNR apreendeu três armas de fogo a um indivíduo, de 65 anos. Tinha-as em casa em total ilegalidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG