O Jogo ao Vivo

Agentes da PSP foram atacados num supermercado de Estremoz, distrito de Évora, por familiares de jovens identificados por suspeita de roubo. Lançaram cadeiras, malas de viagem... Prejuízos rondam os cinco mil euros.

Vídeo

Polícias agredidos com cadeiras num supermercado em Estremoz

Polícias agredidos com cadeiras num supermercado em Estremoz

Os desacatos e agressões ocorreram no domingo, 19 de agosto, pelas 21.15 horas, no hipermercado Continente de Estremoz. Um vídeo do momento foi divulgado esta sexta-feira na rede social Facebook.

Segundo o jornal local "Ardina do Alentejo", o segurança do espaço comercial identificou alguns jovens por suspeita de roubo e chamou a PSP. Os agentes dirigiram-se depois ao Bairro das Quintinhas onde residem, situado ao lado do hipermercado, mas não conseguiram localizar os suspeitos.

Pouco depois, vários elementos da família dos jovens identificados entraram no hipermercado com intenção de agredirem o segurança. Os agentes da PSP intervieram mas os autores dos distúrbios eram cada vez mais, cerca de 40 segundo o "Ardina do Alentejo". E atacaram o segurança e os polícias com vários objetos, como cadeiras, malas de viagem e vasos de loiça.

O segurança e um dos polícias foram agredidos. Outro agente, atingido por uma cadeira de madeira, foi assistido no centro de saúde local devido a ferimentos num braço e nas costas.

A PSP usou gás pimenta para travar as agressões. Foram ainda pedidos reforços e também chamada a GNR.

Antes de fugirem, os agressores ainda despejaram latas de tinta e danificaram bicicletas e a porta do hipermercado, segundo testemunhas citadas pelo jornal local. A estimativa aponta para cinco mil euros de prejuízos.

A PSP indica que não foram efetuadas detenções e decorre um processo de inquérito.

ver mais vídeos