Pandemia

Primeira vítima mortal por Covid-19 em Ílhavo vivia num lar

Primeira vítima mortal por Covid-19 em Ílhavo vivia num lar

O concelho de Ílhavo registou a primeira morte por Covid-19, anunciou, esta terça-feira à tarde, a Câmara Municipal. Segundo o JN apurou, trata-se de uma mulher, de 85 anos, que estava institucionalizada no Lar de S.José.

Ao que tudo indica, a vítima começou a ter sintomas na segunda-feira, como febre, e foi transportada ao Hospital de Aveiro, onde após análise de despiste lhe foi diagnosticada Covid-19. Acabaria por falecer esta terça-feira.

O Lar de S.José já estava com medidas de contingência apertadas há cerca de três semanas. Na segunda-feira, tinha anunciado que um grupo de funcionários havia dado entrada na instituição para ali ficar, em permanência, até ao dia 14 de abril. Desconhece-se, para já, se há mais pessoas infetadas com Covid-19 nas instalações.

Em nota divulgada, sem associar a morte ao Lar de S.José, Fernando Caçoilo, presidente da Câmara de Ílhavo, apelou "ao ministério e à Direção-Geral da Saúde para uma maior resposta à escassez dos materiais de apoio aos profissionais de saúde e uma disponibilização do maior número possível de testes nas instituições, nomeadamente nos lares e na sociedade em geral". Segundo nota da Autarquia, o município regista, até esta terça-feira, 21 casos de infeção pelo novo coronavírus.