Bombeiros

Corpo encontrado no rio Ave é de Fernando Conde

Corpo encontrado no rio Ave é de Fernando Conde

O cadáver do empresário Fernando Conde foi encontrado, esta quarta-feira, no rio Ave, na freguesia de Barco, em Guimarães.

Os Bombeiros Voluntários das Taipas foram alertados, esta quarta-feira, às 10.45 horas, depois de o cadáver de um homem ter sido encontrado nas margens do rio Ave, no Parque de Lazer de Barco, na freguesia de Barco, em Guimarães. O JN sabe que se trata do cadáver de Fernando Conde, que estava desaparecido desde o dia 8 de janeiro.

O empresário saiu de casa nessa noite, de carro, alegadamente para visitar um cliente nas Caldas das Taipas, também no concelho de Guimarães, e desde então nunca mais foi visto.

O corpo foi retirado da água pela equipa de mergulhadores dos Bombeiros Voluntários das Taipas e transportado para o Gabinete Médico Legal do Hospital de Guimarães por uma ambulância da corporação taipense.

Manuel Ribeiro, morador de Barco, foi quem encontrou o corpo. "Eu faço este trajeto quase diariamente", conta, ao JN. Numa das habituais caminhadas matinais que faz por ali, o habitante daquela freguesia deparou-se com o corpo e ligou, de imediato, às autoridades.

PUB

"O corpo estava de cabeça para baixo, de casaca castanha e calças escuras. Os pés estavam enterrados na areia, só se via a cabeça a boiar em cima e a casaca estava na água, recorda Manuel Ribeiro.

A família de Fernando Conde permanece no local a acompanhar as operações. As equipas de investigação da Diretoria do Norte da Polícia Judiciária, responsáveis pelo apuramento dos eventuais contornos criminais desta morte misteriosa, também estão no Parque de Lazer de Barco a recolher elementos para investigação.

Pouco depois das 14 horas desta quarta-feira, Pedro Ferreira, filho de Fernando Conde, confirmou a informação avançada de manhã, pelo JN, de que o corpo encontrado no rio é do homem que estava desaparecido há 15 dias, indicando que a morte pode ter tido mão criminosa.

"Um até já Pai! Partiste sem vontade própria. Encontramo-nos do outro lado da margem para as desafiantes troca de opiniões, assim que Deus o queira", escreveu Pedro Ferreira, no Facebook.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG