Terras de Bouro

Cristiano Ronaldo começa a demolir construções ilegais da casa no Gerês

Cristiano Ronaldo começa a demolir construções ilegais da casa no Gerês

Craque avança com obras na próxima quarta-feira. Edifício anexo deixa de existir.

O internacional português Cristiano Ronaldo começa no próximo dia 10 a demolir as duas construções ilegais, uma casa e um campo de ténis, que construiu na propriedade que possui junto à barragem da Caniçada, no rio Cávado, em Valdosende, Terras de Bouro.

Fonte camarária adiantou ao JN que o escritório de advogados Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados, que representa o craque, comunicou a decisão ao Município: "enquanto proprietário, Ronaldo havia já solicitado um alvará de demolição, necessário para fazer as obras, e que lhe foi concedido". A demolição incide num edifício anexo à casa principal - conhecida como "do caseiro" - com 115 metros quadrados e num campo de ténis com 300. "O resto do edificado vai continuar, dado que o projeto foi aprovado na Câmara e legalizado", disse a mesma fonte. No mandato anterior, o ex-presidente Joaquim Cracel, do PS, mandou notificar Cristiano Ronaldo, por várias vezes, da necessidade de licenciar os anexos, mas as cartas vinham sempre devolvidas de Madrid.

Há dias, o Tribunal de Instrução de Braga decidiu levar 18 pessoas a julgamento por terem construído casas ilegais nas duas margens da albufeira (em Terras de Bouro e em Vieira do Minho). Ontem, a Procuradoria Distrital do Porto anunciou a conclusão, com acusação, de dois outros inquéritos, pelo mesmo motivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG