O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Pai de Famalicão volta a não inscrever filho em Cidadania

Pai de Famalicão volta a não inscrever filho em Cidadania

A família interpôs nova providência cautelar para evitar que aluno do 8.º ano frequente disciplina obrigatória. As propostas de recuperação do Ministério foram recusadas.

A família de Famalicão que evoca objeção de consciência para que os filhos não frequentem as aulas de Cidadania e Desenvolvimento voltou a apresentar uma providência cautelar para que o filho mais novo não frequente as aulas da disciplina no ano letivo 2021/2022.

Tiago Mesquita Guimarães está no 8.º ano na Escola Camilo Castelo Branco e ainda não foi "nem vai" a nenhuma aula de Cidadania. Dos seis filhos de Ana Paula e Artur, nenhum frequentou qualquer disciplina ou atividade escolar relacionada com educação sexual. O caso está na justiça e o Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) de Braga vai ter de se pronunciar se, provisoriamente, o aluno deve ou não frequentar as aulas da disciplina.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG