Desporto

Unidade de Apoio a alunos que são atletas de alto rendimento abre em Famalicão

Unidade de Apoio a alunos que são atletas de alto rendimento abre em Famalicão

A Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão, já integra uma Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola (UAARE), que vai apoiar 39 alunos.

No país existem, atualmente, 19 UAARE's mas, no próximo ano letivo, serão um total de 23. Além de Famalicão, vão começar a funcionar novas unidades em Mirandela, Lagos e Loures.

Estas estruturas pretendem conciliar o sucesso escolar e desportivo dos jovens estudantes que pratiquem alguma modalidade desportiva na vertente competitiva. Na prática, o grupo de professores da UAARE de cada estabelecimento de ensino define uma estratégia de apoio e adaptação para que os alunos possam continuar o seu percurso. Esta estratégia pode passar por aulas de apoio em horários e dias que se adaptem à agenda do estudante, apoio de professores para que consigam acompanhar as matérias mesmo que estejam ausentes para provas e antecipação ou adiamento de testes.

"Temos uma maior proximidade e há uma maior flexibilidade para que possamos ter apoio no estudo e nas matérias em horas e dias que normalmente não acontece, como por exemplo ao domingo de manhã", diz Mariana Costa, nadadora do Grupo Desportivo de Natação de Famalicão e aluna do 11º ano da Escola Secundária Camilo Castelo Branco.

Para Vítor Pardal, coordenador nacional das escolas UAARE, os resultados demonstram que estas unidades têm cumprido a sua função, já que no primeiro semestre deste ano 90% dos alunos que aderiram têm bom desempenho académico.

No ano passado, o estabelecimento de ensino famalicense já tinha começado o projeto, sendo uma escola externa da rede nacional. Contudo, esta adesão à rede vai permitir que sejam atribuídos créditos horários aos professores que fazem o acompanhamento dos alunos atletas.

"Isto permite uma gestão mais flexível", diz Carlos Teixeira, diretor do agrupamento de escolas Camilo Castelo Branco, notando que a candidatura para conseguirem esta estrutura ficou a dever-se à necessidade sentida na comunidade educativa.

PUB

"Tenho a certeza que com esta UAARE a evolução do número de atletas será lenta mas progressiva", notou Pedro Oliveira, vereador do Desporto da Câmara de Famalicão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG