Projeto

Bragança investe 500 mil euros para facilitar acesso a serviços municipais

Bragança investe 500 mil euros para facilitar acesso a serviços municipais

O município de Bragança investiu cerca de 500 mil euros num projeto inclusivo para todos os cidadãos.

Ao abrigo do "projeto único no país", como descreve o autarca, o Cartão do Munícipe será disponibilizado gratuitamente a todos os residentes do concelho, permitindo-lhes aceder a diversos serviços e equipamentos municipais, desde transportes públicos a parques de estacionamento cobertos, fazendo os respetivos pagamentos na modalidade de avença.

"Tem um conjunto de vantagens e funcionalidades, desde logo poder ter apenas um cartão para usarem em vários serviços do município. Pode ser carregado online ou noutros pontos, como o Balcão Único ou a Estação Rodoviária", explicou o presidente da Câmara, Hernâni Dias, na sessão de apresentação do serviço esta sexta-feira.

PUB

O cartão tem uma duração de cinco anos e, segundo o autarca, "vai facilitar a vida aos cidadãos na obtenção de informação e no acesso aos vários serviços municipais, pois será alargado às entradas nas piscinas e nos equipamentos culturais".

Foram ainda instalados sete mupis que disponibilizam informação turística, da agenda da cultura, adaptada às pessoas com necessidades especiais e em várias línguas. O equipamento incentiva a utilização de transportes públicos e permite, por exemplo, agendar o atendimento nos serviços públicos e a aquisição de bilhetes para o acesso a diversas iniciativas e espaços.

"Como temos um protocolo com a Agência Para a Modernização Administrativa, [o cartão] permite, por exemplo, através do mupi, marcar um atendimento para as Finanças. Além disso, está adaptado para pessoas com mobilidade reduzida e invisuais", sublinhou Hernâni Dias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG