Velhice

Hermínia celebra 110 anos e teve "festa" em lar de Mirandela

Hermínia celebra 110 anos e teve "festa" em lar de Mirandela

Hermínia dos Santos Correa nasceu a 17 de julho de 1910, em Vale de Asnes, no concelho de Mirandela. Completou, esta sexta-feira, 110 anos.

Está há cerca de 15 anos no Lar do Hospitel "Bom Samaritano" da Santa Casa da Misericórdia de Mirandela, onde há três sofreu um acidente vascular cerebral que lhe retirou a mobilidade e a fala.

"Até essa altura, não dispensava um cheirinho de aguardente antes do pequeno-almoço, em jejum", diz Paulo Lisboa, um dos onze netos de Hermínia, para quem esta rotina diária terá sido um dos segredos da sua longevidade.

"Quando trabalhava na agricultura, ela saía de casa apenas com uma côdea de pão no bolso e era o suficiente para toda a manhã até regressar para o almoço", conta Filomena Lisboa, outra neta de Hermínia, que é mãe de três filhos e tem ainda 14 bisnetos e três trinetos.

Esta sexta-feira à tarde, a estrutura diretiva e os funcionários do lar não quiseram deixar de assinalar o aniversário de Hermínia Correa, mesmo com as limitações impostas neste período de pandemia da covid-19, que apenas permite visitas por pré-marcação e com distanciamento físico dos idosos.

Alguns familiares marcaram presença na parte exterior do edifício e em conjunto com funcionárias do lar cantaram os parabéns a Hermínia pelos seus 110 anos de vida.

Outras Notícias