Sintra

Professora salva aluna em paragem cardiorrespiratória

Professora salva aluna em paragem cardiorrespiratória

Docente efetuou manobras de suporte básico de vida até à chegada do INEM. Menina, de 13 anos, em estado grave.

A intervenção de uma professora, com conhecimentos de suporte básico de vida, foi decisiva para salvar uma aluna de 13 anos, que caiu inanimada no passeio quando chegava à escola, na Terrugem, concelho de Sintra. A adolescente sofreu uma paragem cardiorrespiratória e as sucessivas massagens cardíacas efetuadas pela professora de Educação Física, Rita Rosa, evitaram o pior, perante o olhar aflito de funcionários e colegas.

A cena passou-se na última quarta-feira, na EB 2/3 do Alto dos Moinhos. A protagonista não quis porém dar a cara, delegando na diretora Luísa Oliveira o relato do sucedido. "Há vários anos que damos formação contínua em Suporte Básico de Vida a seis elementos da escola, três professores e três funcionários. Foi a primeira vez que foi necessário recorrer aos conhecimentos adquiridos, mas a intervenção da professora foi decisiva", revela a responsável.

Inês, de 13 anos, aluna do 7.º ano, vinha do centro de explicações, quando caiu inanimada a poucos metros da escola. Um colega avisou de imediato a professora de Educação Física, que iniciou o socorro. A docente já estava pronta a recorrer ao desfibrilhador da escola, quando chegou o INEM. "A menina ainda tentou agarrar-se à rede, mas já não conseguiu. Estava com uma cor muito estranha e percebemos logo que era grave", contou ao JN, Maria de São José, que ajudou a professora no socorro à aluna.

A adolescente foi transportada para o Hospital Amadora Sintra, onde, segundo fonte da escola, deu entrada em estado grave e com prognóstico reservado.

ver mais vídeos