Ambiente

Sintra poupa água que dava para encher 446 piscinas olímpicas

Sintra poupa água que dava para encher 446 piscinas olímpicas

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Sintra pouparam mais de 1 milhão e 100 mil metros cúbicos de água não faturada em 2018, face a 2017, o que representa cerca de 16 dias de consumo de água do município, o equivalente a encher 446 piscinas olímpicas.

Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal e do conselho de administração dos SMAS de Sintra, defende que a estratégia de poupança de água é um dever de todos."O nosso futuro coletivo exige responsabilidade na forma de encarar as alterações ambientais, é neste âmbito que a estratégia para a poupança de água assume particular importância", sublinha o autarca.

O valor atingido em 2018 pelos serviços municipalizados é o mais baixo de sempre de perdas de águas. Em quatro anos os SMAS de Sintra reduziram de 31% para 20,8% a percentagem do volume de água que se perde no circuito de distribuição.

Recorde-se que, em 2018 as empreitadas concluídas ou em curso, referentes a construção, renovação ou remodelação das redes de água, representaram investimentos de mais de 17 milhões de euros do município.

Também o alargamento da implementação de zonas de medição e controlo tem permitido melhorar a eficiência no combate às roturas dos mais de 1800 quilómetros de redes de abastecimento existentes no concelho.

Imobusiness