Denúncia

Idosa com Alzheimer mordida por ratazana num lar de Montargil

Idosa com Alzheimer mordida por ratazana num lar de Montargil

Uma mulher de 81 anos, doente de Alzheimer, foi mordida por uma ratazana no lar da Santa Casa da Misericórdia de Montargil, denuncia a família.

A idosa foi "mordida numa orelha quase até ao tímpano" por uma ratazana no lar da Santa Casa da Misericórdia de Montargil, revela a neta, Catarina Prates, à Rádio Elvas, acrescentando que "a ratazana lhe comeu um calcanhar e roeu-lhe algumas partes dos dedos das mãos".

A neta garante que "a instituição escondeu da família o que realmente aconteceu".

"Foi-nos dito que ela tinha sido mordida por um ratito. Mas não foi um ratito, foi uma ratazana. No primeiro dia em que foram para as urgências de Ponte de Sor já não estavam a conseguir controlar as hemorragias", denunciou Carina Prates à Rádio Elvas.

A família já apresentou queixa às autoridades e a idosa e o marido estão atualmente num outro lar.

Questionado pela Rádio Elvas sobre o caso, o lar da Santa Casa da Misericórdia de Montargil remeteu esclarecimentos para mais tarde.

Outras Notícias