Pandemia

Câmara de Paços de Ferreira com um caso positivo de covid-19

Câmara de Paços de Ferreira com um caso positivo de covid-19

A Câmara de Paços de Ferreira informou esta terça-feira que um colaborador da autarquia foi testado positivo à covid-19, acrescentando que a autoridade de saúde está a "avaliar o nível de risco de contacto para os demais colaboradores do município".

Segundo um comunicado do município, "o colaborador tem ligações aos casos surgidos [no domingo] na Escola Básica n.º 2 de Paços de Ferreira" e "exercia funções no edifício sede".

A autarquia de Paços de Ferreira, no distrito do Porto, revela ainda que foi decidido pela autoridade de saúde proceder hoje à "despistagem de todos os colaboradores que prestam o seu trabalho no edifício sede da câmara municipal"

"Em face da evolução desta situação, a qual se encontra permanentemente em monitorização, será dado conhecimento à população, sendo que, neste momento, não se justifica qualquer alarmismo", lê-se ainda no comunicado.

O edifício sede da câmara municipal "continua aberto ao público, de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde", conclui a informação da autarquia.

No domingo, a Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, naquele concelho, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para "prevenção" e para "interromper as cadeias de transmissão", segundo fontes oficiais.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara de Paços de Ferreira, Humberto Leão de Brito, confirmou a deteção de seis casos de covid-19 em alunos, professores e assistentes operacionais na Escola Básica n.º 2 de Paços de Ferreira (Centro Escolar de Paços de Ferreira), e que o estabelecimento de ensino iria ser encerrado de forma preventiva, para limpeza e desinfeção, assegurando as condições de segurança aquando da sua reabertura.

Também no domingo, fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) adiantou à Lusa, por seu turno, que tinham sido identificados "três casos positivos" de covid-19 na fábrica Abrelac.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 538 mil mortos e infetou mais de 11,64 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.620 pessoas das 44.129 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Outras Notícias