"A Pão e Água"

Confrontos entre manifestantes e polícia em protesto da restauração no Porto

Confrontos entre manifestantes e polícia em protesto da restauração no Porto

Empresários do setor da restauração e hotelaria que se concentraram esta sexta-feira à tarde nos Aliados, no Porto, para mais um protesto do movimento "A Pão e Água", envolveram-se em confrontos com a polícia.

A manifestação "A Pão e Água", dos empresários da restauração, bares e comércio, marcada para esta sexta-feira, na Avenida dos Aliados, no Porto, ficou marcada por confrontos entre manifestantes e agentes da PSP.

O protesto, que começou pelas 16 horas, contou com a presença de várias centenas de empresários que contestam as medidas impostas por António Costa no âmbito do novo estado de emergência.

Durante a manifestação foram arremessadas garrafas contra agentes da PSP e um dos manifestantes terá sido identificado pela polícia.

Além do arremesso de garrafas, os manifestantes colocaram caixões [simbolizando a morte do setor] a arder, obrigando a intervenção policial.

PUB

De recordar que o país está em estado de emergência desde 9 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 114 concelhos, número que passa a 191 a partir de segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG