Projeto

Praça de Touros da Póvoa de Varzim vai ser demolida

Praça de Touros da Póvoa de Varzim vai ser demolida

A Praça de Touros da Póvoa de Varzim vai ser demolida para dar lugar a um pavilhão multiusos. O presidente da Câmara aproveitou o Dia da Cidade, neste domingo, para apresentar o novo projeto, que deverá estar no terreno ainda antes do fim do ano.

Aires Pereira diz que o estado de degradação da estrutura não permite salvar nada da velhinha praça. O autarca diz que aquilo que começou por ser "um problema", revela-se "uma oportunidade". Ao demolir a praça, a Autarquia aproveitará para fazer uma cave: "Alojaremos ali todos os nossos serviços e teremos, assim, mais área para o comércio e para a utilização".

A Póvoa Arena - assim se chamará o equipamento - terá capacidade para três mil pessoas e o investimento estimado é de sete milhões de euros.

No projeto, a nova arena manterá apenas a forma circular, lembrando a praça que ali esteve durante mais de 60 anos. O multiusos será utilizado para grandes concertos, feiras, conferências e atividades desportivas. Terá zonas de comércio e uma cobertura ventilada.

O concurso será aberto já em julho. Aires Pereira espera começar com as demolições a seguir ao verão e ter obra no terreno antes do fim do ano. Depois, são 18 meses para pôr pronta a nova sala de espetáculos.

A Praça de Touros poveira foi inaugurada em junho de 1949. Em 1983 foi comprada pela Câmara. Nos últimos anos, acolhia apenas duas corridas de touros por época. Em junho de 2018, a Póvoa declarou-se cidade anti-touradas e deu início ao processo de reconversão da praça.