Santo Tirso

Dezenas de animais carbonizados em abrigo que ardeu na serra da Agrela

Dezenas de animais carbonizados em abrigo que ardeu na serra da Agrela

Um abrigo que acolhe inúmeros animais, situado na serra da Agrela, em Santo Tirso, foi atingido pelas chamas e vários cães e gatos morreram carbonizados.

A denúncia foi feita ao JN por uma voluntária de uma associação de proteção animal, que, juntamente com outros voluntários, tentou convencer as proprietárias do espaço a aceitar ajuda, para que os animais pudessem ser resgatados.

"Há cães carbonizados, mas há cães que podem estar vivos e queimados", relatou Cláudia Carvalho, ao início da madrugada de domingo, referindo que as proprietárias do terreno "não deixam entrar nem tirar os animais".

"Chamamos bombeiros e GNR. Os bombeiros disseram que não têm carros para vir para cá, e a GNR está à porta, mas não nos deixa entrar porque diz que é propriedade privada. A GNR está a identificar-nos", explica a voluntária.

Elementos do partido PAN - Pessoas, Animais e Natureza deslocaram-se ao local e denunciaram também a situação nas redes sociais. "Dezenas de animais já morreram carbonizados", escreveram numa publicação no Facebook, ilustrada com uma imagem de ossos queimados.

PUB

Outras Notícias