Em atualização

Terceiro grande terremoto na Nova Zelândia em poucas horas

Terceiro grande terremoto na Nova Zelândia em poucas horas

Várias regiões costeiras da Nova Zelândia estiveram sob alerta de tsunami, depois de um terramoto de magnitude 7,3 ter abalado as ilhas, esta quinta-feira. Horas mais tarde, um novo sismo de magnitude 7,4 e outro de magnitude 8 abalaram o país.

A Agência Nacional de Gestão de Emergências emitiu um alerta de tsunami após o sismo de magnitude 7,3, ao largo da região de East Cape, o ponto mais a leste do país, que chegou a ser retirado. O primeiro grande sismo ocorreu às 2.27 horas de sexta-feira (hora local), na zona norte da Nova Zelândia, e foi sentido em Auckland, Wellington e Christchurch.

Horas mais tarde, às 6.41 horas (hora local), um novo terremoto de 7,4 de magnitude perto das ilhas Kermadec voltou a gerar um alerta de tsunami na zona. Já às 8.28 horas (hora local), um terramoto de magnitude 8 atingiu novamente estas ilhas.

Desta vez, a Agência Nacional de Gestão de Emergências avisou que as "pessoas próximas à costa de Bay of Islands a Whangarei, de Matata a Tolaga Bat e Great Barrier Island devem-se mover imediatamente para o terreno elevado mais próximo".

"Esperamos que as áreas costeiras da Nova Zelândia registem correntes fortes e incomuns e ondas imprevisíveis na costa", tinham afirmado no Twitter após o segundo sismo.

PUB

De acordo com a imprensa neozelandesa, vários moradores de cidades Whangarei e Whakatane estão a sair de casa, dos locais de trabalho e das escolas e a dirigir-se para locais mais elevados.

Pelo contrário, outros estão a ir para a praia de Tologa Bay para tirar fotografias, de acordo com o jornal "NZ Herald".

Dois outros sismos (com magnitudes de 5 e 4,5) tinham sido sentidos na região. Até ao momento, não há registo de vítimas ou de danos graves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG