EUA

Americano morre a tentar provar que a Terra é plana

Americano morre a tentar provar que a Terra é plana

Um americano de 64 anos morreu, sábado, a bordo de um rocket, quando tentava demonstrar que a terra é plana e não redonda. O dispositivo caseiro falhou e matou "Mad Mike", revelou o Science Channel.

Hughes "morreu tragicamente durante a tentativa de lançamento do foguete que ele mesmo havia fabricado", revelou a televisão, que pertence ao grupo Discovery Channel. "Os nossos pensamentos e orações estão com a família e amigos durante este momento difícil", completou o canal em sua conta no Twitter.

Michael Hughes, conhecido como "Mad Mike", construiu no jardim de casa, com a ajuda de um amigo, um foguete movido a vapor, com o patrocínio de várias marcas. Pretendia subir 1.500 metros acima do nível do mar para demonstrar que a Terra não é redonda, e sim que "tem a forma de um disco voador".

Imagens do lançamento, ao qual compareceram muitas testemunhas numa área de deserto próxima da residência de Hughes, em Barstow, 180 km ao nordeste de Los Angeles, foram divulgadas nas redes sociais.

Nas imagens é possível observar como um paraquedas surge do foguete alguns segundos após a descolagem, mas a nave muda imediatamente de rumo e cai algumas centenas de metros adiante.

"Este lançamento sempre foi um sonho e o Science Channel estava lá para contar a história", afirmou o canal americano, que filmava o evento para uma nova série com o título "Astronautas amadores".

Outras Notícias