Austrália

"Bear" foi abandonado em bebé e agora ajuda a salvar coalas em incêndios

"Bear" foi abandonado em bebé e agora ajuda a salvar coalas em incêndios

"Bear" é um cão obsessivo-compulsivo que foi abandonado quando era bebé. Agora, o animal de raça cruzada de cães de gado ajuda a encontrar e salvar coalas feridos nos recentes incêndios na Austrália.

"Bear" foi treinado para encontrar coalas e "dasyurus", uma espécie de marsupiais carnívoros na Austrália. "Este é o primeiro ano em que estamos envolvidos nos incêndios. É um pouco mais perigoso do que o que costumamos fazer", explicou à Reuters Romane Cristescu, mentora do animal e ecologista da Universidade de Sunshine Coast, em Queensland.

O cão costuma ajudar nas buscas de animais selvagens doentes ou feridos para fins de conservação e pesquisa em condições mais calmas. Nos incêndios, "Bear" tem de usar meias protetoras para procurar nas áreas queimadas pelo fogo.

Os incêndios florestais já devastaram cerca de um milhão de hectares de terras agrícolas e matos ao longo da costa leste da Austrália nas últimas semanas, matando quatro pessoas e destruindo centenas de casas.

Os coalas são uma das principais vítimas dos fogos, estimando-se que mais de 350 tenham morrido.

"Bear", que é patrocinado pelo Fundo Internacional para o Bem‑Estar Animal (IFAW), já encontrou dezenas de coalas em perigo e para fins de pesquisa este ano, mas ainda não salvou nenhum desde que começou a sua missão nos incêndios no início deste mês.

"Com as alterações climáticas, a perda de habitat e as doenças, os coalas estão a enfrentar muitas ameaças. Estes incêndios são apenas uma das muitas coisas que os ameaçam, então precisamos mesmo de ser melhores a protegê-los", concluiu Romane Cristescu.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG