Mundo

Candidatos da extrema direita e da esquerda na segunda volta das presidenciais no Chile

Candidatos da extrema direita e da esquerda na segunda volta das presidenciais no Chile

O candidato da extrema direita, José Antonio Kast, e o da esquerda, Gabriel Boric, venceram a primeira volta das eleições presidenciais no Chile, que se realizam no domingo, segundo resultados parciais depois de contados 49,6% dos votos.

José Antonio Kast, ex-deputado e advogado de 55 anos, obteve 28,6% dos votos, seguido do deputado de esquerda e ex-líder estudantil Gabriel Boric, com 24,7% dos votos, segundo os resultados divulgados pelo Serviço Eleitoral.

Os dois vão concorrer à presidência do Chile na segunda volta das eleições, em 19 de dezembro.

É a primeira vez, desde o regresso à democracia, em 1990, que os partidos tradicionais de centro-esquerda e de centro-direita não passaram à segunda volta das presidenciais no Chile.

Sete candidatos competiram para suceder, no palácio presidencial de La Moneda, ao chefe de Estado cessante, Sebastián Piñera, representando um espetro político muito amplo.

Nas eleições gerais de domingo puderam votar cerca de 15 milhões de chilenos para eleger o novo Presidente e também deputados e senadores que tomarão assento no Congresso nacional.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG