O Jogo ao Vivo

Telavive

Chuva de canábis: drone deixa cair centenas de sacos com droga em Israel

Chuva de canábis: drone deixa cair centenas de sacos com droga em Israel

Um drone deixou cair centenas de pequenos sacos com canábis, na tarde de quinta-feira, na Praça Rabin, em Telavive, Israel, atraindo dezenas de pessoas, que correram para apanhar a droga na rua.

De acordo com o jornal "The Jerusalem Post", os sacos de canábis foram largados pelo grupo de Telegram "drone verde", que defende a legalização daquela droga em Israel, tendo como slogan "amor livre".

Antes de lançar a droga pelas ruas em Telavive, o grupo publicou uma mensagem no Telegram, antevendo a operação planeada.

"Está na hora, meus queridos irmãos. É um pássaro? É um avião? Não, é o drone verde, a distribuir canábis grátis pelo céu... Desfrutem, meus amados irmãos, este é o vosso irmão piloto, certificando-se de que todos nós recebemos um pouco de amor livre ", dizia a mensagem.

A mensagem também indicava que a operação fazia parte do lançamento comemorativo do grupo de um novo sistema de entrega intitulado "chuva de canábis".

"Estamos a lançar o projeto 'chuva de canábis', que incluirá uma entrega semanal em diferentes partes do país de 1 quilo de canábis dividido em sacos gratuitos de 2 gramas", lia-se na mensagem.

Os organizadores da operação também abordaram a ameaça iminente de um bloqueio imposto pelo governo na tentativa de evitar a propagação da pandemia do novo coronavírus, explicando que a situação "exige pensar fora da caixa e descobrir novas formas de levar canábis aos consumidores".

A Polícia anunciou logo após o incidente que havia prendido dois suspeitos na casa dos 30 anos, que supostamente operaram o drone que sobrevoou a Praça Rabin e que espalhou os sacos de droga.

Segundo a Polícia, a distribuição de uma substância suspeita de ser perigosa é ilegal. Os suspeitos que foram presos serão interrogados e sujeitos às medidas de coação tidas como adequadas.

Outras Notícias