Pandemia

Cientista que inventou o veneno Novichok diz ter criado vacina contra covid-19

Cientista que inventou o veneno Novichok diz ter criado vacina contra covid-19

O cientista Leonid Rink, conhecido por produzir o agente nervoso Novichok, a famosa arma química russa, desenvolveu agora uma vacina que combate a covid-19 e outras patologias.

"Immofon" é o nome da nova vacina criada por Leonid Rink que poderá ajudar a travar o novo coronavírus. "Funciona contra infecções virais e restaura células perfeitamente após o trabalho do sistema imunitário", disse aos meios de comunicação russos.

A vacina já foi testada em 700 voluntários reformados e "nenhum ficou gravemente doente ou morreu". O cientista alega que a vacina tem propriedades antivirais e imunológicas que protegem contra "tempestades de citocina", um processo autoimune que se tem afirmado como fatal em doentes infetados com a covid-19.

Para além de combater o novo coronavírus, é também eficaz na artrite reumatoide, psoríase, alergias, leucemia e doenças pulmonares, assegura Rink.

Leonid Rink é conhecido pelo seu passado controverso. Em 1985 integrou a equipa secreta para desenvolver a arma química Novichok e em 1990 foi condenado por vender a substância química de grau militar a criminosos, no mercado negro, onde alegou que as vendas foram feitas sob o olhar do Serviço Federal de Segurança (FSB), que sucedeu ao KGB. Em 2018 acusou os britânicos de envenenarem o agente duplo Sergei Skripal e, recentemente, acusou o opositor de Putin, Alexei Navalny, de se envenenar a ele próprio quando estava na Alemanha.

A "Immofon" já foi enviada para o ministério da Saúde, onde aguarda certificação, avança o "The Independent".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG