EUA

Conselheiro de Trump promete transição tranquila para Biden

Conselheiro de Trump promete transição tranquila para Biden

O conselheiro para a Segurança Nacional da Casa Branca prometeu esta segunda-feira uma transição tranquila para uma Presidência Joe Biden, apesar de Donald Trump continuar a recusar admitir a sua derrota face ao rival democrata.

Robert O'Brien declarou que o país tinha tido "transições pacíficas e conseguidas mesmo nos períodos mais litigiosos".

Durante uma conferência virtual, do Global Security Forum, O'Brien afirmou: "Se for determinado que o par [Joe] Biden / [Kamala] Harris é o vencedor, vamos ter uma transição muito profissional da parte do Conselho de Segurança Nacional. Sobre isso, não há qualquer dúvida".

Com um tom diferente do de Trump, O'Brien também disse que Joe Biden e Kamala Harris tinham "pessoas muito profissionais" na sua equipa, capazes de assumir as rédeas.

"Merecem algum tempo para e instalarem e concretizarem as suas políticas", acrescentou.

Quase duas semanas depois da eleição, em 3 de novembro, Trump continua a afirmar que ganhou e a alegar a existência de fraudes, que lhe teriam retirado essa vitória, mas sem apresentar provas.

PUB

Biden deve ser investido presidente em 20 de janeiro, mas a agência que gere a burocracia federal, a Administração dos Serviços Gerais, recusa certificar a sua vitória, o que o tem impedido de ter informações classificadas e meios para preparar a transição.

O'Brien, um velho advogado republicano, também pareceu reconhecer os resultados eleitorais ao evocar os esforços para a libertação de um jornalista norte-americano dado como desaparecido na Síria, Austin Tice.

"Estamos a fazer o possível para recuperar Austin. O presidente [Trump] quer vê-lo antes de sair do cargo", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG