Arte

Empregada de limpeza confunde arte com lixo

Empregada de limpeza confunde arte com lixo

Uma empregada de limpeza confundiu, no sábado, uma instalação artística com lixo e limpou a sala onde a peça estava exposta. A obra de arte foi entretanto reposta e abriu ao público na terça-feira, no Museu de Arte Contemporânea de Bolzano, em Itália.

A obra de arte, das artistas Sara Goldschmied e Eleonora Chiari, estava em exibição no Museu de Arte Contemporânea de Bolzano, no norte de Itália.

A instalação, intitulada "Where shall we go dancing tonight?", é composta por diversas garrafas de champagne vazias espalhadas pelo chão, acompanhadas por beatas de cigarros e confetis. Pretende, segundo as artistas, representar o hedonismo e a corrupção política dos anos 80 do século passado.

PUB

No último sábado, uma nova empregada de limpeza do museu deparou-se com garrafas e, ao pensar que se tratava de lixo, limpou toda a sala.

O museu, após ter reconhecido o erro e pedido a autorização à dupla de artistas de Milão, recolheu o material do lixo e reconstruiu a instalação. A exposição foi reaberta ao público na terça-feira, dia 27.

A diretora do museu italiano olha para a situação como algo positivo. "Está a provocar um óptimo debate. Mostra como a arte contemporânea é capaz de despertar interesse ou até irritar as pessoas. Achamos que é essencial manter o diálogo aberto", diz Letizia Ragaglia.

Já as autoras de "Where shall we go dancing tonight?" consideram que "o que aconteceu é mau. Não pode ser possível uma instalação acabar no lixo", em declarações ao jornal !Alto Adige".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG