Quarentena

Espanha reduz para sete dias isolamento de infetados e contactos sem vacina

Espanha reduz para sete dias isolamento de infetados e contactos sem vacina

As autoridades de saúde espanholas reduziram para sete o número de dias em isolamento para infetados e contactos próximos não vacinados.

A Comissão de Saúde Pública espanhola, que representa o Ministério da Saúde central e as comunidades autónomas, concordou "por unanimidade" em reduzir o período de isolamento das pessoas infetadas com covid-19 para sete dias, em comparação com os dez atualmente definidos no país.

Da mesma forma, avança a imprensa espanhola, os cidadãos não vacinados que sejam contactos próximos de um infetado também vão o período de isolamento reduzido para sete dias. Quanto às pessoas vacinadas que tenham estado em contacto com um caso positivo, as regras já preveem que não precisem de cumprir quarentena.

Também esta quarta-feira, a região autónoma da Madeira reduziu para cinco dias o isolamento de infetados assintomáticos com o vírus e de quem contactou com casos positivos, acabando mesmo com a quarentena de contactos vacinados com a terceira dose. As mudanças devem-se à predominância da variante ómicron, mais transmissível mas menos virulenta, e à "atual evidência científica", que "sugere que a maior parte da transmissão" ocorre "no início do curso da doença", geralmente, nos dois dias "antes do início dos sintomas" e dois a três dias depois.

Dez dias de isolamento em Portugal continental

Em Portugal continental, a atual norma ainda estabelece que infetados com o vírus cumpram, na maioria das situações, dez dias de isolamento. Em caso de contacto com um infetado, as medidas aplicadas dependem do grau de risco. Os contactos de alto risco estão sujeitos a isolamento profilático, devendo realizar um teste PCR até ao 5.º dia após a data da última exposição ao caso confirmado. O fim do isolamento é estabelecido após a obtenção de um resultado negativo num teste feito ao 10.º dia após a data do último contacto com o positivo. Em determinados casos, a autoridade de saúde pode determinar o isolamento profilático até ao 14.º dia.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG