25.02.2020

Carnaval

Nem Jesus Cristo faltou ao sambódromo do Rio de Janeiro

Nem Jesus Cristo faltou ao sambódromo do Rio de Janeiro

Seis escolas de samba desfilaram esta segunda-feira nos festejos de Carnaval no Rio de Janeiro, no Brasil. Não faltou a dança, a pele à mostra e uma demonstração de Jesus Cristo, que já foi criticada por Jair Bolsonaro.

A escola de samba Mangueira fez uma representação da vida de Jesus Cristo que não agradou o presidente do Brasil e o ministro Luiz Eduardo Ramos, avança o site brasileiro "G1".

O grupo retratou a figura bíblica como um índio, uma mulher e ainda um sem-abrigo. Num dos momentos do desfile, o homem que representa Jesus Cristo é agredido por supostos agentes da polícia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG