Califórnia

Gémeos nascem em anos diferentes nos EUA

Gémeos nascem em anos diferentes nos EUA

36 minutos é o intervalo de tempo que marcará para sempre o nascimento de Aylin e Alfredo Trujillo, no condado norte-americano de Monterey, na Califórnia. Os gémeos acabaram por nascer em dias, meses e anos diferentes.

Alfredo veio ao mundo às 23.24 horas do dia 31 de dezembro com 2,75 kg, tornando-se no último bebé a nascer em 2021 na maternidade do hospital Natividad Medical Group, enquanto a irmã, Aylin, foi a primeira bebé de 2022, ao nascer exatamente às 0 horas do dia 1 de janeiro, com 2,66 kg.

Nos Estados Unidos, há milhares de nascimentos de gémeos por ano, no entanto, casos como o destes irmãos, com datas de aniversários diferentes, são raríssimos, estimando-se que a probabilidade de nascerem em anos diferentes seja de um em dois milhões.

"É uma loucura que eles sejam gémeos e tenham aniversários diferentes", disse a mãe, Fátima Madrigal, que ficou "surpreendida e feliz" por a filha ter nascido no dia seguinte.

Os gémeos vêm juntar-se a três irmãos mais velhos, duas meninas e um menino.

"Esta foi definitivamente uma das entregas mais memoráveis ​​da minha carreira", disse Ana Abril Arias, médica de família do Natividad Medical Group, num comunicado divulgado pela maternidade. "Foi um prazer absoluto ajudar esses pequeninos a chegar aqui com segurança em 2021 e 2022. Que maneira incrível de começar o ano novo!", partilhou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG