Inglaterra

Harry e Meghan na missa do Jubileu sem a presença de Isabel II

Harry e Meghan na missa do Jubileu sem a presença de Isabel II

A família real britânica reuniu-se esta sexta-feira, sem a rainha Isabel II, mas com Harry e Meghan, para assistir a uma celebração religiosa integrada nas festividades que marcam o 70.º aniversário do reinado.

O Palácio de Buckingham tinha anunciado quinta-feira que Isabel II, de 96 anos, estaria ausente deste evento na Catedral de St. Paul, em Londres, integrado nas comemorações do seu Jubileu de Platina, devido a um "a contragosto físico" da monarca.

Cada vez mais a rainha, que tem dificuldade em andar, é representada pelo seu filho e herdeiro, o príncipe Carlos.

PUB

Ainda assim, Isabel II apareceu quinta-feira duas vezes na varanda do palácio de Buckingham e participou à noite, no Castelo de Windsor, numa breve cerimónia na qual foram ligadas milhares de luzes que iluminaram a denominada "árvore das árvores", uma construção com 21 metros.

O arcebispo de York, Stephen Cottrell, destacou na cerimónia o sentido de serviço público de Isabel II nestes 70 anos de reinado.

"Ao longo de um tempo de mudança e desafio, felicidade e tristeza, ela esteve e está ao serviço do nosso país e da Comunidade Britânica das Nações (Commonwealth)", disse o arcebispo.

"Vossa Majestade, lamentamos que não esteja connosco esta manhã pessoalmente", acrescentou o religioso, numa cerimónia marcada pelo formalismo onde se ouviu um coro infantil.

A cerimónia religiosa na Catedral de St. Paul marca a primeira presença do príncipe Harry, neto da monarca, e da mulher deste, Meghan, em Londres desde que partiram para a Califórnia há dois anos e o único ato das celebrações em que participaram até agora.

O duque de Sussex, com medalhas militares penduradas no casaco, e a duquesa, num vestido branco, chegaram à catedral pouco depois das 11 horas, captando a atenção de convidados e fotógrafos.

Antes deles chegou o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vaiado pela multidão que se juntou em redor da catedral, segurando a mão da sua esposa Carrie, e também entraram na Catedral os seus antecessores Tony Blair e David Cameron.

Um cerimonial pesado rodeou esta cerimónia religiosa, com guardas em uniformes tradicionais em filas no pátio e nas escadas, e sinos a tocar continuamente.

O evento, que contou com a presença de cerca de duas mil pessoas, foi um dos destaques dos quatro dias de festividades que marcam a longevidade recorde da popular rainha Isabel II, que ascendeu ao trono aos 25 anos, em 6 de fevereiro de 1952.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG