O Jogo ao Vivo

Premium

Artistas brasileiros temem regresso da ditadura

Artistas brasileiros temem regresso da ditadura

As sondagens têm indicado que Jair Bolsonaro vai ser o próximo presidente do Brasil - algo que poderá ser confirmado amanhã -, contudo, não será com os votos em massa do setor cultural. Pelo menos, a avaliar pelas posições públicas de muitas personalidades.

Tome-se como exemplo o músico Caetano Veloso, que, após viver a ditadura militar, teme que um contexto de contornos algo similares sobrevenha com a vitória do candidato de extrema-direita. Perspetiva que não difere por aí além da das individualidades que partilharam com o JN o seu olhar sobre o escrutínio.

"Temo muito pelas pessoas que vão votar no Bolsonaro. Vão ter uma deceção enorme." No entanto, o cantor Ney Matogrosso já está desiludido: "Nunca se precisa de extremos, mas, infelizmente, chegamos a isto. O Brasil está à beira do precipício."